fevereiro 20 2024 0Comment

Sua dedetização está em dia? Combate a dengue no condomínio!

Desde o início de 2024, um assunto não sai dos noticiários: a dengue.

Apesar de a doença ser comum no Brasil, principalmente no verão, este ano os casos aumentaram, e muito. 

Enquanto em 2023 o Brasil bateu recorde de mortes, com 1.096 óbitos, agora em 2024 o número de casos registrados já é o dobro que no mesmo período do ano passado: 512 mil casos até 12 de fevereiro.

Este ano, então, segundo especialistas, pode ser a pior epidemia de dengue na história do Brasil, por três principais motivos:

  • Clima (excesso de calor e chuva)
  • Falta de cuidados e prevenção da população
  • Circulação simultânea dos quatro sorotipos do vírus da dengue

A dengue é a arbovirose urbana mais prevalente das Américas, sendo transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti. Para evitar sua reprodução, então, é necessário redobrar a atenção:

  • Limpar quintais e jardins
  • Não jogar lixo em terrenos baldios
  • Manter a caixa d’água sempre fechada
  • Não deixar água acumulada nas calhas
  • Encher os pratos das plantas com areia
  • Guardar garrafas com a cabeça para baixo
  • Remover folhas, galhos e sujeira das calhas
  • Não deixar água da chuva acumulada na laje ou quintal
  • Entregar pneus velhos ao serviço de limpeza urbana ou guardá-los sem água em local limpo

Para combater a dengue no condomínio, uma solução muito eficaz é a dedetização. 

Além de prevenir doenças, manter a dedetização em dia evita a necessidade de intervenções maiores no futuro, que além de mais onerosas, geram maiores incômodos caso exista a necessidade de utilização de maior quantidade de produtos químicos.

Ainda que a dedetização de áreas privativas caiba aos condôminos (tanto sua aprovação quanto os seus custos) é importante que seja feita junto com a dedetização das áreas comuns, que é de responsabilidade do condomínio. Lembre-se que ratos e insetos podem se deslocar de uma área para outra continuamente.

Para ajudá-lo nesta importante tarefa de combater a dengue no condomínio, confira algumas dicas importantes:

Como combater a dengue no condomínio?

Prevenir é melhor do que remediar

Dedetize periodicamente seu condomínio e incentive que os moradores façam o mesmo nas áreas privativas. Fique atento ao prazo de validade da dedetização informado pela empresa que fez este serviço e marque em sua agenda quando será necessário executá-la novamente.

Contrate uma dedetizadora regulamentada

A empresa contratada deve ter registro na Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (Aprag). Além disso, o responsável técnico e todos os aplicadores devem ser devidamente treinados e capacitados. 

É importante que a empresa dedetizadora tenha:

  • CNPJ e sede própria
  • Registro no conselho profissional do responsável técnico
  • Licença de funcionamento (estadual ou municipal) da Vigilância Sanitária
  • Responsável técnico (biólogo, engenheiro agrônomo, engenheiro florestal, veterinário, químico ou farmacêutico)

Cuidados após a realização do serviço

Para garantir que o combate à dengue no condomínio seja eficaz, é necessário tomar especial cuidado com a circulação de crianças em áreas onde ocorreu a dedetização. 

Os pequenos têm o hábito de brincar e depois colocar a mão na boca, o que pode ser perigoso caso o veneno para controle de pragas ainda esteja presente nas áreas comuns. Cuidado também com animais domésticos, que não podem ficar expostos a estes produtos químicos.

Não deixe restos de comida expostos

O que pode parecer uma migalha para você, pode ser um banquete para insetos ou roedores. Tenha atenção especial nos locais onde os lixos das unidades são armazenados antes de ser posto para fora do condomínio, não deixando vazar restos de alimentos. Lembre também de fazer a limpeza de caixas coletoras de lixo e lixeiras presentes no condomínio.

SAIBA MAIS -> Como fazer coleta seletiva em condomínios?

Cuidado com áreas de água parada

Além da dengue no condomínio, é necessário tomar cuidado com outras doenças que também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, como a Zika e a Chikungunya.

Por isso, é essencial manter o condomínio livre de áreas com água parada. Lembre-se de conscientizar os moradores a fazer o mesmo em suas residências.

Cuidar da dedetização e limpeza do empreendimento é a principal forma de combater a dengue no condomínio, o que ajuda a manter o bem-estar e saúde dos moradores e funcionários.

SAIBA MAIS -> Dengue ou Covid? Veja diferenças e semelhanças entre as doenças para saber identificar os sintomas

Tenha uma administradora como a Zangari no seu condomínio

O dia a dia de um condomínio exige muita atenção por parte do síndico. Afinal, são muitas tarefas a realizar e alguns moradores cobrando ações “urgentes”.

A ajuda de uma administradora como a Zangari, então, deixa essa rotina mais disciplinada e o combate à dengue no condomínio, por exemplo, se torna uma prioridade! 

Ei síndico, conte conosco para te ajudar na gestão do seu condomínio!

Mais do que administrar seu patrimônio.

Cuidamos do seu bem-estar.

Fale conosco:

Rua Joaquim Floriano, 445 – Itaim Bibi – São Paulo

Seg – Sex: 8h30 – 18h

(11) 3074-4266

(11) 97370-9355 – Imobiliária

(11) 97333-6111 – Proposta de administração
contato@zangari.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

zangari

Mais do que administrar seu patrimônio. Cuidamos do seu bem estar.